Home » Deusas » Eirene – Deusa da paz e da Primavera

Eirene – Deusa da paz e da Primavera

Last Updated on / Atualizado em
by DanFF

  • Atributos: Deusa da paz, da primavera, da reconciliação e da cooperação
  • Símbolos: Cornucópia, tocha, cetro, ríton
  • Local: Grécia
Estátua de Eirene | Wicca, magia, bruxaria, paganismo

Deusa Eirene (ou Irene) é a própria personificação da paz. Ela faz parte das Horas (ou Horae, em grego), Deusas gregas que representam as estações do ano e a justiça natural.

Essa Deusa é sempre representada como uma bela jovem carregando uma cornucópia (cesta de frutos em formato de chifre), uma tocha, um cetro ou um ríton (um antigo recipiente para beber). Diz-se que ela é filha de Zeus e Themis, sua equivalente romana é a Deusa Pax.

Os cidadãos da antiga Atenas a cultuavam com veemência e vários altares foram erguidos a ela. Uma vez ao ano, o país parava para comemorar o dia da “Paz Comum”, em homenagem à Deusa e à paz que ela trouxe entre todas as nações. Em uma das mais famosas das estátuas antigas, Eirene segura em seu braço esquerdo o Deus Ploutos bebê, divindade da riqueza e da fartura. Ela ficava instalada no Ágora de Atenas e servia para lembrar a todos que a prosperidade floresce quando há paz.

Foto Perfil DanFF 2021 (150x150)

Olá, tudo bem? Você já faz conhece meu canal no YouTube?
Todo o conteúdo é gratuito!
Entre, se inscreva e deixe um comentário por lá! Respondo a todos!

Guardiã do Olimpo

Como dito anteriormente, Eirene faz parte das Deusas Horas, uma trindade de divindades que representam a natureza em diferentes estações.

Elas trazem o amadurecimento, vêm e vão de acordo com a natureza e o próprio ciclo da vida e, tradicionalmente, guardam os portões do monte Olimpo para escondê-lo nas nuvens e fazer a terra prosperar.

Na Ilíada são mencionadas duas trindades de Horas, a primeira é associada a Zeus e à Afrodite, como representações da passagem do tempo e o crescimento:

  • Thallo, Deusa da juventude e da primavera;
  • Auxo, Deusa das plantas e do verão;
  • Carpo, Deusa do outono e da colheita.

A segunda trindade é associada à Themis e a Zeus, representando a ordem e a lei natural:

  • Dike, Deusa da justiça;
  • Eunomia, Deusa da ordem e da legislação;
  • Eirene, Deusa da paz.
Horae Serenae de Edward Poynter, 1894
Horae Serenae de Edward Poynter, 1894

Esse aspecto tríplice de equilíbrio lembra a Deusa Tríplice na Wicca, onde diferentes aspectos se completam e trazem harmonia.

É importante ressaltar, ainda, que há um conjunto de Deusas denominadas “As Doze Horas”, como Deusas patronas das horas do dia

  1. Auge, a primeira luz.
  2. Anatolia, o nascer do sol.
  3. Musica, a Hora matinal de música e estudos.
  4. Gymnastica, a Hora matinal de exercícios e treinamento.
  5. Nympha, a Hora matinal de ablução (banhos).
  6. Mesembria, o meio dia.
  7. Sponde, libações após o almoço.
  8. Elete, oração, a primeira das Horas vespertinas de trabalho.
  9. Cypris, a Hora de alimentação e prazer.
  10. Hesperis, o início do anoitecer.
  11. Dysis, o pôr do sol.
  12. Arktos, o céu noturno e as constelações.

As 12 Horas abençoavam o dia dos devotos, trazendo prosperidade e harmonia à sua rotina.

Invocando Eirene

Como Deusa da paz, Eirene é do arquétipo Diplomata. Ela pode ser invocada quando você está passando por um momento turbulento em sua vida, para trazer paz, e especialmente quando essa turbulência é causada por alguma situação envolvendo outra pessoa.

Para invocá-la, é necessário que esteja vestindo uma roupa branca e tenha uma fruta madura que você goste em seu altar.

Medite sobre a situação e peça à Deusa por esclarecimento. Se desejar, pode acender incenso de alfazema ou alecrim.

Ao fim da meditação, coma a fruta e procure ficar em um local calmo, ou até mesmo dormir.

A Deusa lhe trará soluções em forma de intuição.

Leave a Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.