Samhain - Sabbat


Hemisfério norte: 31 de Outubro -> 1 de Novembro
Hemisfério sul: 30 de Abril -> 1 de Maio
Cores: Preto, cinza e laranja

Pronunciado "so-win" este Sabbat representa o fim do ano celta, o início do ano para os bruxos e também o fim da colheita. Ele anuncia que os tempos difíceis estão vindo, ou seja, o inverno. O Samhain ocorre entre o equinócio do outono e o solstício de inverno e também indica a morte do sol que renascerá no solstício de inverno, em Yule.

Após a cristianização da Irlanda, diversas características religiosas e mitológicas foram descartadas por não serem compatíveis com a bíblia cristã. Porém, algumas festividades e algumas outras características, ao invés de serem apagadas, foram adaptadas. O Samhain se tornou a "Noite de todos os Santos", em inglês é "All Hallows Eve" que, posteriormente, se tornou o que conhecemos como Halloween.

Samhain e o inverno


Uma vez que no inverno as colheitas não podem ser feitas, a noite do Samhain é ideal para agradecimentos e para a preparação de grãos e alimentos para serem utilizados durante os próximos meses. Animais costumavam ser sacrificados para o consumo da carne durante o inverno, uma vez que, em grande número, eles não sobreviveriam às condições climáticas.

Pode-ser ver então que a morte neste Sabbat está presente em diferentes aspectos: A posição do sol no horizonte é a mais baixa; as colheitas chegam ao fim e os animais hibernam. Porém, como tudo é cíclico, também podemos olhar pelo lado do recomeço: o Deus Sol já é um embrião no útero da Deusa e renascerá em breve; em breve também haverá uma nova colheita e os animais estarão correndo pelos campos.

É neste período que a Deusa Cailleach, Rainha do Inverno, se faz presente. Representada como uma velha mulher, Cailleach também representa o momento em que a terra começa a morrer, dando lugar ao frio e a escuridão.

Samhain e os antepassados


O Samhain é também o momento onde o véu que separa o mundo dos vivos e dos mortos fica bastante fino, sendo possível estabelecer contato com aqueles que já partiram desta dimensão. É neste momento que homenagens e celebrações são feitas para lembrar e honrar nossos ancestrais. Famílias costumavam se reunir e ceiar em silêncio, concentrando-se nas pessoas que já haviam partido. Uma característica importante destas ceias era a presença de lugares vagos à mesa com pratos servidos.

Outra forma de homenagear os antepassados era deixando comida do lado de fora de casa para que os espíritos que passassem pelo local se sentissem lembrados. Fogueiras e velas eram acesas para ajudar os espíritos visitantes a encontrarem o caminho de volta para suas dimensões.

Um dos símbolos mais marcantes deste Sabbat é a abóbora com velas dentro. Sendo usada até hoje nas festas de Halloween, na antiga Escócia e Irlanda estas abóboras eram usadas pelas pessoas que caminhavam na noite do Samhain e também eram deixadas nas janelas das casas. As sombras projetadas pela vela tinham o poder de assustar os maus espíritos que poderiam estar vagando entre os bons.

Halloween - Abóboras




Rituais em Samhain

Os rituais realizados em Samhain são feitos com a intenção de deixar para trás o que foi ruim durante o ano e atrair boas energias para o ano que se incia. Os rituais a seguir foram retirados do livro "Wicca, A Religião da Deusa" de Claudiney Prieto, porém novas informações foram adicionadas.

Ritual de Samhain: Queima de Pedidos


O ritual da Queima de Pedidos tem o intuito de banir tudo o que for negativo e atrair tudo o que for positivo para o ano que está começando. Sendo bem simples de fazer, os itens necessários são:

  • 2 pedaços de papel em branco;
  • 1 lápis;
  • Álcool de cereais;
  • 1 folha de louro;
  • Seu caldeirão.

Em um dos pedaços de papel você escreve tudo o que for negativo e que deseja afastar de sua vida como problemas, pessoas indesejadas, doenças, complicações e etc. No outro pedaço você escreve tudo o que for positivo e deseja atrair para sua vida como soluções, pessoas confiáveis, saúde, prosperidade, amor e etc.

Escreva com detalhes em ambos os papéis, assine no final de cada um deles e escreva a seguinte frase: Que tudo isso seja correto e para o bem de todos.

Coloque o álcool no seu caldeirão, acenda o fogo e jogue o papel que contém os pontos negativos. Enquanto você o assiste queimando, concentre-se na chama e veja o mal sendo banido para longe de sua vida. Converse com a Deusa e com o Deus e peça para que estas forças negativas sejam anuladas e transmutadas. Quando o fogo acabar, parta para a segunda parte do ritual.

Coloque mais um pouco de álcool no caldeirão, acenda o fogo e jogue agora o papel com os pontos positivos. Enquanto você o assiste queimando, coloque as folhas de louro dentro do fogo, concentre-se na chama e veja a energia positiva sendo trazida para a sua vida. Depois que o fogo acabar, concentre-se na fumaça oriunda das folhas de louro. Elas estão indo em direção a Deusa. Peça para que a energia positiva fique sempre presente em sua vida.

Ritual de Samhain: Trançando uma Corda de Bruxa


A Corda da Bruxa (Witch's Ladder) é utilizada para diferentes feitiços. Porém, na noite do Samhain, é tradicionalmente trançada para os mesmos fins do ritual anterior. A Corda da Bruxa simboliza o cordão que nos liga à outra dimensão e também simboliza o cordão umbilical, fonte de vida.

Para confeccionar uma Corda da Bruxa você precisa de barbantes coloridos, onde cada cor terá um significado. Você poderá usar até três cores na sua! Algumas cordas, quando feitas para determinados feitiços, são feitas de fios de cabelo. Ao longo da corda fixe símbolos que traduzam seus desejos para o próximo ano como corações, moedas, pedras específicas e etc. Fixar penas intensifica o poder da corda.

Ilustração de uma bruxa consagrando sua Corda
As cores dos barbantes representam:
  • Branco: Paz e harmonia;
  • Vermelho: Afastamento dos inimigos, vencimento dos obstáculos, atração de garra e de coragem;
  • Laranja: Sucesso e prosperidade;
  • Rosa: Atração de amor;
  • Preto: Proteção e afastamento do azar;
  • Verde: Abundância;
  • Amarelo: Atração de saúde e sorte no comércio.
Após escolher as três cores, tente cortá-los na medida de sua altura e então comece a trançá-los, sempre mentalizando tudo o que deseja atrair para sua vida, já simbolizado nas cores.

Ao finalizar, prenda os símbolos que possam traduzir seus desejos e/ou as penas, caso as possua.

Coloque a corda sobre seu altar na noite do Samhain e faça sua consagração durante a cerimônia. Após a cerimônia, pendure a corda em algum local de sua casa e, toda vez que visualizá-la, lembre-se dos desejos que fez ao criá-la.

Ritual principal de Samhain


Material necessário:

  • Caldeirão;
  • 1 vela preta;
  • 1 vela laranja;
  • 1 maçã;
  • 1 pão feito por você;
  • 1 romã;
  • 2 pedaços de papel em branco;
  • 1 lápis;
  • Alecrim;
  • 1 colher de pau;
  • Álcool de cereais;
  • Cálice com vinho.

Coloque o caldeirão sobre o altar com a vela laranja do lado direito e a vela preta do lado esquerdo. A maçã fica perto da vela laranja e a romã fica perto da vela preta. Trace o Círculo Mágico e diga:

Neste dia sagrado, no qual o véu que separa os mundos se encontra mais fino, somos visitados por nossos Ancestrais.
Que a Deusa Anciã e o Senhor das Sombras possam abençoar todos os amados que vierem partilhar deste Rito de Sabbat.

Acenda as velas dizendo:

Sagrados Ancestrais, venham a mim.
Nesta noite eu canto a magia e realizo este ritual em homenagem àqueles que partiram ao País do Verão.
Que este Rito seja agradável aos olhos daqueles que já se foram.
Abençoados sejam todos eles.

Eleve o Caldeirão, dizendo:

Este é o ventre da Mãe, o Caldeirão dos fins e recomeços.

Coloque-o novamente no lugar e pegue um pedaço de papel. Nele, escreva tudo o que você quer afastar de sua vida. Acenda-o na vela preta e deixe-o queimar dentro do Caldeirão.

Quando o primeiro pedaço de papel terminar de queimar, pegue o outro pedaço e escreva tudo o que você deseja atrair para sua vida. Acenda-o na vela laranja e deixe-o queimar dentro do Caldeirão. 

Coloque o alecrim no Caldeirão junto das cinzas e comece a mexer a mistura com a colher de pau no sentido horário dizendo:

Que o velho morra e que o novo possa entrar.
Pelo poder da Vida e da Morte,
Saúdo os espíritos nesta noite de Samhain.

Coloque um pouco de álcool no Caldeirão e então ponha fogo dizendo:

Através desta luz e pelo mar além,
Saúdo todos os espíritos nesta noite de Samhain.

Olhe para as chamas do fogo e mentalize todos os seus desejos. 

Com o seu Athame, abra a romã, coma algumas sementes enquanto pensa nas coisas negativas que deseja afastar de sua vida. Coloque algumas sementes no fogo.

Parta a maçã ao meio, coma uma das partes e jogue um pequeno pedaço nas chamas do Caldeirão. Mentalize agora tudo o que você quer atrair de positivo.

Com sua colher de pau, mexa o conteúdo do Caldeirão e então diga:

Que o negativo se torne positivo,
Que o mal se transforme em bem,
Que a doença se torne saúde,
e o ódio em amor.

Beba um gole de vinho e despeje um pouco dentro do Caldeirão, fazendo uma oferenda à Deusa e ao Deus enquanto diz:

Faço esta libação em homenagem à Deusa e ao Deus.
Homenageio também a todos os meus Ancestrais.
Que assim seja e que assim se faça!

Toque o pão com o Athame e diga:

Eu te consagro em nome dos Antigos.
Que você me traga saúde, sucesso, prosperidade e amor.

Coma um pedaço do pão.
Cante, dance e festeje em homenagem à Deusa e aos seus antepassados. Agradeça aos Ancestrais e destrace o círculo.

Coloque o restante do pão sob uma árvore ou em um jardim como oferenda aos seus Ancestrais.


Sabbats e a Roda do Ano

Leia também sobre os outros Sabbats que compõe a Roda do Ano: