Litha Sabbat


Hemisfério norte: 21 de Junho
Hemisfério sul: 21 de Dezembro
Cores: Laranja, amarelo, verde, azul e branco

Este Sabbat marca o Solstício de Verão e representa o auge do poder do Deus Sol renascido. Diversos festivais são realizados com fogos. Nesta data o dia é o mais longo do ano e a noite é a mais curta. É hora de colher os frutos e grãos gerados pelas sementes!

As celebrações de Litha geralmente são feitas com reuniões entre pessoas e animais, todos celebrando o poder do Sol em torno de rios, lagos ou em praias.

Em Stonehenge, a pedra colocada do lado de fora do círculo conhecida como "Heel Stone", quando vista de dentro do círculo principal, marca o nascimento do sol em Litha.

Heel Stone apontando para o nascimento do sol em Litha
Heel Stone apontando para o nascimento do sol em Litha

Litha e o calor energizante

Litha é o Sabbat que marca o solstício de verão e também o início da estação mais quente do ano. Neste momento o Deus Sol está no auge de sua força e toda a natureza celebra seu poder energizante. Neste dia é comum a celebração em meio à natureza, bem como a colheita de ervas medicinais, pois estas também estão cheias de energia.

O poder de Litha é tão grande que o momento se faz ideal para realizar curas físicas e mentais. A forte luz do Sol, ao mesmo tempo em que alimenta as plantas e fornece calor para sobrevivermos, é capaz de destruir o que é ruim e é capaz de nos livrar de sentimentos indesejados e de problemas.

A natureza exibe em Litha alegria por todos os lados. Acredita-se que em Litha é a melhor oportunidade para avistar os Seres Elementais percorrendo as florestas, campos e praias.

Litha e poder do fogo

O fogo tem seu papel importante em todos os Sabbats, porém em Litha ele é a característica mais importante! Como este Sabbat é celebrado e dedicado ao Deus Sol, caso este dia seja chuvoso ou nublado, é recomendado que pelo menos uma vela seja mantida acesa durante o dia todo para que a energia do fogo chegue até o sol.

Grandes fogueiras são acesas, assim como em Beltane, e as celebrações ocorrem ao redor delas. O ato de pular a fogueira também é repetido, deixando para trás tudo o que for ruim e indesejado.

É comum que amuletos sejam confeccionados uma semana antes de Litha e então consagrados sob o sol. Outro costume indica que amuletos criados em Litha do ano anterior são queimados ou enterrados e novos são feitos.

Também em Litha ocorre uma mudança de reinado. Assim como em Yule, o Solstício de Inverno, as duas diferentes faces do Deus Sol, conhecidas como Rei do Carvalho (luz) e Rei do Azevinho (escuridão) entram em confronto mais uma vez. Em Litha o Rei do Azevinho vence a batalha e passa a reinar sobre as estações. Isto significa que, a partir deste Sabbat, o Deus Sol começará a ficar cada vez mais fraco até seu total declínio para retornar somente em Yule.

Greenman - Rei do Carvalho e Rei do Azevinho
Máscaras do Rei do Carvalho e do Rei do Azevinho, lado de Luz e de Escuridão do Deus Sol



Rituais em Beltane

Os rituais realizados em Litha celebram a alegria, a energia, a força fertilizante e vital do Sol. Os rituais aqui apresentados foram retirados do livro "Wicca, A Religião da Deusa" de Claudiney Prieto, com adaptações.

Ritual de Litha: Fazendo uma Roda Solar


Este item simboliza o Sol e é confeccionado com gravetos, fitas e, opcionalmente, flores e cristais. Para fazer uma Roda Solar você precisa  fazer uma cruz com gravetos de tamanhos iguais e colocá-la dentro de uma circunferência, também de gravetos.

Para decorá-la você pode pendurar cristais e/ou flores e enrolar fitas com nas cores laranja, amarelo, verde, branco e azul.

Após confeccionada, a Roda Solar deve ser pendurada em algum local de sua casa, preferencialmente na porta. Você também pode queimá-la durante algum ritual ao ar livre.

Ritual de Litha: Trançando uma Witch's Ladder


Assim como em Samhain, a Corda da Bruxa (Witch's Ladder) também é confeccionada em Litha. Escolha três fitas coloridas ou barbantes com as cores de Litha e as trance de maneira a ficarem firmes. Coloque penas ao longo da corda e a pendure em algum lugar ao ar livre ou em sua janela.

Cada cor possui um significado, portanto, ao confeccionar sua Corda, escolha com atenção:

Witch's Ladder com penas de diferentes cores

  • Branco: equilíbrio, proteção, paz e bênçãos da Lua;
  • Vermelho: coragem, vigor, dinamismo, garra, conquista de algo difícil;
  • Azul: harmonia no lar e poderes psíquicos;
  • Verde: prosperidade, proteção e abundância;
  • Laranja: sucesso;
  • Preto: proteção.


Os ventos que soprarem esta Witch's Ladder aproximarão você de seus desejos.









Ritual principal de Litha: 


Material necessário:
  • Caldeirão;
  • 3 velas vermelhas;
  • 1 pedra de rio;
  • Cálice com vinho;
  • Álcool de cereais;
  • 1 Canela em pau.

Procedimento: Coloque as três velas vermelhas em forma de um triângulo com a ponta para cima. Ponha o Cálice no centro do triângulo, trace o Círculo Mágico e diga:

O Senhor do Sol abençoa nossa Terra com seus raios e nos protege com a sua dança. Que Ele abençoe os solos para que as plantações amadureçam.

Ao acender cada uma das velas, diga:

Celebro a alegria do Sol e a sua luz que abençoa a Terra com alegria e amor.

A cada vela acesa faça um pedido à Deusa e ao Deus. Eleve o Cálice dizendo:

Este é o verdadeiro Graal da sabedoria e inspiração e ventre condescendente da Deusa e de suas águas fertilizadoras.

Dentro do Caldeirão derrame um pouco de vinho com um pouco de canela em pau e álcool de cereais. Segure a pedra por alguns instantes e transfira a ela todos os seus medos, rancores e aquilo que para você atrapalha seu sucesso e progresso. Deixe a pedra aos pés do Caldeirão e pule-o, dizendo:

Com este pulo eu me liberto de todas as coisas que impedem o meu avanço.

Beba um pouco do vinho e faça uma libação (ato de oferecer o vinho em honra aos Deuses), dizendo:

Eu bebo este vinho em honra ao Deus Sol e à Deusa Terra.

Dance e cante em homenagem aos Deuses.

Destrace o círculo.



Sabbats e a Roda do Ano

Leia também sobre os outros Sabbats que compõe a Roda do Ano: