Imbolc - Sabbat

Hemisfério norte: 1 ou 2 de Fevereiro
Hemisfério sul: 1 de Agosto
Cores: vermelho, laranja e branco

Este Sabbat representa o renascimento. Neste período a Deusa deixa sua forma de anciã e retorna a sua forma jovem, superando a frieza e seriedade do inverno e amamentando o novo Deus. Este Sabbat está relacionado à Deusa do fogo Brigid que também regia as artes, a poesia e a sabedoria na cultura Celta.

Após o duro inverno iniciado em Samhain, é hora da terra renascer e também de fazer um novo plantio. Durante o Imbolc as fogueiras representam a iluminação do espírito, a busca por novos conhecimentos, o poder criador e a nova vida.

Outro nome pelo qual este Sabbat é bastante conhecido é Candlemass "Candelária". Nas festividades, mulheres costumavam usar coroas com velas acesas simbolizando a alegria e o calor da vida.

Imbolc - Velas


Imbolc e o crescimento

O termo "Imbolc" significa "dentro da barriga" e está relacionado à nascimentos, amamentação e crescimento. Este Sabbath mostra que a primavera está a caminho e é quando os animais começam o período de lactação. Apesar de ainda ser inverno, o frio já é menos intenso e a promessa de dias mais quentas e novas colheitas se mantém viva. Durante este Sabbat a Deusa Brigid é honrada e agradecimentos por ela ter mantido fogueiras acesas durante o inverno são feitos. Para isso é costume confeccionar uma "Cruz de Brigid" e colocá-la na porta de casa ou alguma parede onde fique visível. Além de trazer proteção, a Cruz de Brigid também é uma forma de acolher a Deusa.

Imbolc - Cruz de Brigid
Cruz de Brigid


O Deus renascido em Yule é amamentado pela Deusa neste período. Seu poder é cada vez mais percebido nos raios do sol que começam a reaparecer com mais força. Os animais que estavam hibernando também começam a acordar neste período e a vegetação volta a ficar verde.

Imbolc é o momento de celebrar a vida, a fertilidade e o poder de renascimento. A Deusa, nesta data, deixa sua face anciã e retorna à sua face de donzela.


Imbolc e as velas

Também chamado de Candlemass (Conjunto de Velas), durante este Sabbat ainda faz muito frio. Portanto acender uma fogueira ao ar livre não é muito fácil. Devido a isso, e também para simbolizar o Deus que está crescendo, diversas velas laranjas são acesas em sua homenagem. As velas laranjas também representam a energia, a alegria e o calor da vida.

Imbolc também é um momento para reflexão e para purificação após o intenso inverno. Portanto, acender não só velas, mas tochas, lamparinas e quaisquer outros objetos que possam abrigar uma chama, é recomendado para que o calor das chamas afaste o inverno e traga mais alegrias. Outro costume é varrer energeticamente as energias ruins, o azar, o medo e etc.




Rituais em Imbolc

Os rituais realizados em Imbolc celebram a a fertilidade e o crescimento, a alegria dos primeiros indícios da primavera. Os rituais aqui apresentados foram retirados do livro "Wicca, A Religião da Deusa" de Claudiney Prieto, com adaptações.

Ritual de Imbolc: Boneca de Brigid (Brideog)

Uma das tradições de Imbolc é a confecção da Brideog que pode ser feita de palha, espiga de milho ou pano. Após confeccionada, a boneca é colocada numa cama ao lado de um bastão durante o Sabbat, simbolizando a união entre a Deusa e o Deus.

Itens necessários para confecção da Brideog:

  • 1 boneca de palha ou pano (preferencialmente feita por você);
  • 1 roupa branca para a boneca;
  • 1 cestinha de vime;
  • Palha de milho;
  • 1 pequeno bastão de madeira nas cores preta e branca.

Imbolc: Brideog - Boneca de Brigid
Exemplos da Boneca de Brigid


Vista a roupa na boneca e cubra a cesta com a palha de milho. Durante o ritual de Imbolc, acenda duas velas brancas ao lado da cama enquanto diz:

Abençoada seja Brigid, abençoada seja a Grande Mãe!

Coloque a boneca na cama e continue dizendo:

Brigid chegou. Seja bem-vinda à sua cama. Abençoada seja a Virgem. Abençoada seja a Mãe.

Coloque o bastão na cama, junto com a boneca:

Este é o Bastão Sagrado, o símbolo do Deus. Que a união da Deusa e do Deus traga luz e fertilidade à Terra.

Eleve a cesta enquanto fala:

Brigid chegou, seja bem-vinda. Seja bem-vinda, Brigid! Seja bem-vinda, seja bem-vinda!

Apague as velas. No dia seguinte coloque a boneca, sem as roupas, pendurada na sua porta e deixe lá até o próximo Imbolc. Istro trará proteção, prosperidade e fertilidade para sua casa.

Ritual de Imbolc: Roda de Velas


Outro costume de Imbolc é a confecção da Roda de Velas que coroa uma jovem, representando a Deusa Virgem. A coroa também representa a Roda do Ano. Também pode-se utilizar a roda no altar.

Itens necessários:

  • 8 castiçais;
  • 4 velas vermelhas;
  • 4 velas laranjas;
  • Cola;
  • Folhas de alumínio;
  • Lápis;
  • Folhagens verdes;
  • Papelão.

Trace uma circunferência no papelão do tamanho que você deseja sua Roda de Velas. Marque com o lápis a posição das oito velas e então cole os castiçais nas posições. Após a secagem, forre o papelão com o alumínio e enfeite com as folhagens. Após isto coloque as oito velas, sempre intercalando as cores.

Coloque a roda sobre seu altar e acenda durante a noite de Imbolc, invocando a Deusa em sua face Donzela.

Ritual principal de Imbolc


Material necessário:

  • 1 Roda de Velas;
  • 1 Cálice com vinho;
  • 1 Vassoura Mágica;
  • 1 Buquê com flores;

Coloque a Roda de Velas no centro do altar. Trace o círculo mágico. Após delimitar o espaço sagrado varra o seu círculo cantando:

Vou banindo pela Terra e ArVou banindo pelo Fogo e marVou banindo, vou banindo para purificarVou banindo, vou banindo para exterminarEspiral, espiral, espiral,Sugue o que há de ruim, leve todo o mal

Enquanto canta, mentalize toda a negatividade a azar sendo banidos da sua vida. Varra e cante até achar que é necessário. Quando terminar, faça a seguinte invocação:

Brigid dos mantos e do fogo na lareira,
Brigid do cabelo entrelaçado,
Amiga das mulheres,
Mulher sábia,
Filha de Danu.
Inflame suas chamas em nossas mentes e corações,
Faça-nos suas harpa, sua forja, para que possamos curar, inspirar e transformar.
Guie todos os caminhos através de mim.

Acenda as velas da Roda e, a cada vela acesa, mentalize um desejo. Quando todas as velas estiverem acesas, diga:

Com estas luzes eu abro caminho para que a Primavera chegue com toda a sua fertilidade.A partir de agora a força do Sol cresce e que sua luz possa fertilizar a Terra.Que assim seja e que assim se faça!

Ande com o buquê de flores ao redor do círculo, fazendo os seus pedidos. Coloque-o sobre o altar enquanto diz:

Eu ofereço estas flores à Donzela
Homenageio o Espírito da Natureza, pedindo-lhe que o solo se torne novamente fértil e que as sementes possam germinar.

Pegue a taça de vinho, eleve-a aos céus, dizendo:

Eu homenageio a Donzela e a luz crescente do Sol.

Beba um pouco do vinho e faça uma libação (ato de oferecer o vinho em honra aos Deuses). Cante e dance em homenagem aos Deuses. Agradeça aos Deuses.

Destrace o círculo mágico.




Sabbats e a Roda do Ano

Leia também sobre os outros Sabbats que compõe a Roda do Ano: